Top 10 Terça-feira

Olá, como vai? Mais um dia da semana e já é terça-feira, dia de Top 10, certo? Para quem não sabe, o Top 10 Terça-feira foi criado pelo blog Broke and Bookish, onde são eles que definem o tema para os outros blogs fazerem. O tema de hoje é: Top 10 livros que eu li e mudei de opinião sobre o que eu pensava.

OBS: Eu me animei muito com o tema de hoje e por isso fiz uma seleção ferrenha sobre aquilo que realmente mudou minha vida. Espero que gostem das minhas escolhas!

1. No mundo da Luna

Fonte: Fútil mais Inteligente
Nunca fui muito chegada a astrologia, sempre achei uma grande baboseira, mas depois que li o livro da Carina sobre o tema, ainda assim não consigo acreditar nessa coisa de magia e estrelas, mas agora dou uma certa credibilidade aos horóscopos e as pessoas que estudam sobre o tema. Deixei de ser uma pessoa completamente "cega" em relação a essas coisas e passei a aceitar um pouco mais sobre a ideia de que existem muitas pessoas que acreditam nesse tipo de coisa.

2. Puros
Fonte: Blog Parafraseando Livros
Puros se trata de uma distopia, onde nós seres humanos estaríamos vivendo em um mundo pós-terceira guerra mundial. Com as explosões que o mundo teve com as guerras, a maioria dos humanos que viviam sem proteção, acabaram se fundindo com os objetivos que estavam perto deles e acabaram por tornar-se "homem-boneca". A partir daí, as potências mundiais criaram um espaço chamado Domo, onde somente os Puros (pessoas que fossem ricas e privilegiadas antes das explosões), pudessem viver. O que esse livro mostra? Apesar de todos os objetivos que a autora criou para serem abordados na história, o ápice dele é mostrar que nós seres humanos conseguimos sermos cruéis até nos momentos que mais precisamos nos juntar para sobreviver. A separação dos Puros com o resto do mundo, mostra como conseguimos ser egoístas, pensar somente nos privilégios e deixar aqueles necessitados à própria sorte. Esse livro me fez repensar muito sobre isso e por isso, acabei deixando mais clara a visão que tenho sobre o homem.

3. Uma questão de confiança
Fonte: Blog Books e Desenhos
O título retrata tudo aquilo que quero dizer sobre o livro. Desde que li ele, percebi que não se pode confiar em todas as pessoas que queremos, sempre devemos ter um pé atrás em relação a qualquer coisa, sem contar que não devemos nos enganar pela aparência, muito daquilo não é o que diz. Esse livro foi marcante para mim por conter essas liçõezinhas que levarei para a vida inteira.

4. A filha da minha mãe e eu
Fonte: Blog Pseudo Estante
Esse livro me trouxe uma grande reflexão sobre a minha relação com minha mãe. O enredo traz um enorme aprendizado, motivando nos a repensar aquelas brigas que sempre temos com quem nos gerou ou com quem faz o papel de mãe. Acabei por perceber que tenho sorte pela mãe que tenho e o livro me fez melhorar a opinião que eu tinha sobre ela.

5. Ame o que é seu
Fonte: Blog Priscila Guerra
Apesar desse livro ter me feito passar muita raiva pelas inseguranças da personagem principal, ele fez eu mudar a forma como eu via o passado. O passado ficou para trás, ele não pode voltar e não deve atrapalhar o nosso presente. Precisamos seguir em frente, saber que um ciclo da nossa vida foi fechado e que não podemos mais mudar isso. As escolhas foram feitas e a partir do momento que você disse sim para o casamento com a pessoa que você ama e subsequente te ama também, você deve honrar isso. Esse livro me trouxe pensamentos fixos sobre o relacionamento de um casal que acaba de se casar, e me fez ter mais convicção sobre meus princípios: você nunca deve trair a quem fez uma promessa de fidelidade.

6. Casamento por conveniência
Fonte: Mercado Livre
Esse livro me mostrou que o amor pode nascer dos lugares e jeitos mais inusitados possíveis e que mesmo que não tenha saído nada do jeito que você queira, as pessoas precisam se permitir amar e serem amadas, independe de qualquer coisa, porque o amor é um dom que poucas pessoas possuem e que merece ser praticado.

7. Cinquenta tons de cinza
Fonte: Blog Passando Blush
Um livro tão amado e tão odiado ao mesmo tempo. Apesar das queixas e elogios, esse livro me trouxe uma nova percepção do sexo, que é um tabu enorme que ainda estamos tentando transpassar. É difícil deixar um homem nos sub-julgar, ainda mais na cama e por isso esse livro tornou-se tão polêmico. Mas ele me mostra que existem inúmeros tipos de prazeres em meio as relações sexuais e que as pessoas precisam parar de pensar em sexo como uma coisa tão grande e tabulada e sim como algo natural, como algo que está previsto para acontecer.

8. Diário de uma paixão
Fonte: Blog Chamando um Leitor
Apesar de ser uma romântica incurável, eu muito dificilmente acreditava em finais felizes, vendo tantas e tantas traições de parceiros nos relacionamentos literários e até nos de hoje em dia. Mas Diário de uma Paixão me trouxe um dos casais mais perfeitos, que sentem um carinho e um amor pelo outro tão especial que é impossível não se apaixonar por eles. Eles me mostraram que o amor pode sim vencer todas as barreiras que a vida coloca na frente e claro, sobreviver até o fim, mesmo que tudo pareça não dar certo.

9. Amy e Matthew
Fonte: Blog Prateleira de Cima
Esse livro me chocou de uma forma muito singular, porque achei que se tratava de mais um romance adolescente, mas o que me deixou pasma foi saber que os dois personagens que protagonizam esse romance são duas pessoas com seus problemas, sejam psicológicos ou físicos. Amy tem uma doença degenerativa que limita sua capacidade de falar e seus movimentos e Matthew sofre com o Transtorno Obsessivo Compulsivo. Os dois me mostraram que o amor pode sim estar nos lugares mais inusitados. Independe de todas as nossas limitações, sempre terá alguém que nos ama e olha por nós.

10. Eleanor e Park, O Melhor de Mim e Um dia
Esses três livros me fizeram pensar em como a vida pode ser completamente injusta e acabar nos tirando aquilo que mais amamos, mesmo que façamos de tudo para que isso não ocorra. Ele me fez pensar mais sobre a vida que eu levo, sobre os momentos que compartilho com as pessoas que eu amo e me fez ver que é preciso aproveitar e parar de se limitar quando o assunto é sentimentos. Expresse, mostre, diga o que você realmente sente, o que você realmente quer e corra atrás disso. Ás vezes ficamos receosos de fazer tal coisa e no fim de tudo, é tarde demais para voltar no tempo.

Espero que tenham gostado do Top 10 Terça-feira de hoje e sinta-se indicado para fazer também!

6 comentários

  1. Olá!!
    Fico feliz quanto a sua visão do livro Cinquenta Tons de Cinza. Eu gostei bastante dele, mas reconheço que muitas pessoas ainda julgam e não gostam. Ele tem uma pegada "diferente" daquilo que estamos acostumados a ver.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mônica, acredito que nem todos livros eróticos é para qualquer leitor. Tem uns que são densos demais e tratam de assuntos inusitados, fazendo com que muitos leitores não gostem deles, mas eu gostei muito da trilogia, mas confesso que o segundo e o terceiro livro me chamaram mais atenção.

      Excluir
  2. Oiii Miriã

    Puros é o livro que mais me chama a atenção, amo distopias e nao sei porque essa trilogia nao alcançou mais fama pois parece ser muito boa.

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Alice. Eu amei Puros e ainda não entendi como não lançaram o segundo livro até hoje aqui. O que posso fazer é esperar :c
      Abraços!

      Excluir
  3. Como sempre amei seu post. Gosto demais desta coluna. Vamos aos comentários:
    - No mundo da Luna já está na minha estante, e quando for ler vou reparar na parte da astrologia
    - Puros não sei se vou ler um dia, mesmo amando distopias
    - Uma questão de confiança já li e concordo com você, mas eu continuo confiando demais nas pessoas
    - A filha da minha mãe e eu ainda não li, mas como acabei de perder minha mãe, não vou ler
    - Cinquenta tons de cinza me abriu o olho para aspectos sexuas desconhecidos, gostei muito do seu comentário
    - e por fim nos comentários de Eleanor e Park, O Melhor de Mim e Um dia vi que não vou ler mais Eleanor e Park pois chorei horrores em Um dia e agora já sei o que esperar deste.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Sorteio dos 3 livros da Trilogia FUNÇÃO CEO de Tatiana Amaral

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, Gi. Cinquenta Tons de Cinza realmente é uma vertente nova de opiniões e claro, divide muitas pessoas em gostei e "não-gostei", mas acho que a autora quis trazer justamente isso ao livro.
      Abraços!

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤