[Resenha] Entre o amor e a vingança, de Sarah MacLean @Gutenberg

  • 09:30
  • 29 agosto 2016
  • Título: Entre o amor e a vingança
    Autor: Sarah MacLean
    Lançamento: 2015
    Páginas: 304
    Gênero: Romance / Literatura estrangeira
    Editora: Gutenberg
    Classificação:
    Sinopse: O que um canalha quer, um canalha consegue... Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável Lady Penélope Marbury.
    Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso a um mundo inexplorado de prazeres. Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança - o que parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles até mesmo seu coração.
    Faz tempo que os romances de época vem me encantando e mais uma vez estou rendida por uma série. Dentre tantas que já ouvi falar, faltava duas para começar: esta - O Clube dos Canalhas da autora Sarah MacLean e Quatro Estações do Amor da Lisa Keyplas.  Pois já fiquem sabendo que amei esta história incrível e a seus personagens e já estou migrando para os próximos volumes.

    Michael, o marquês de Bourne, acabou perdendo toda a sua fortuna - terras, casas e imóveis -, por uma simples carta. Erro daquele que não deveria apostar demais. Disposto a tomar tudo que lhe foi tomado, principalmente o solar Falcowell, onde morou a infância inteira, ele vem tramando sua vingança por exatos nove anos. Neste meio tempo, acabou se tornando sócio do cassino e clube para cavalheiros, o Anjo Caído, dobrando sua riqueza. 

    Agora ele descobriu que Falcowell foi perdida em um outro jogo e agora pertence a seu antigo vizinho, o marquês de Needham e Dolby. Este, por sua vez, está preocupado com os possíveis casamentos de suas filhas, já que depois do escândalo de sua filha mais velha, Penélope Marbury, que acabou rompendo o casamento - coisa extremamente arruinante na época-, as possíveis propostas que as outras receberiam seriam escassas. Por isso, ele coloca Falcowell como parte do dote da mais velha.

    Bourne não se importa com Penélope, sabe que ela é apenas um meio para um fim, e pegará Falcowell de volta a qualquer custo, mesmo que tenha que se casar com ela para isso. A história de ambos é antiga, já que foram muitos amigos na infância, mas aquele garoto que respondia as cartas de Penélope com felicidade já não existe mais. Bourne virou um homem bruto, que quase não sorri, ao mesmo tempo que ficou mais bonito do que antes e igualmente irresistível. 

    As alternativas que são apresentadas a Penélope são poucas e esta fica com muita raiva por saber que se casará sem ao menos escolher o noivo, e sua angústia piora ao saber que Bourne não sente desejo por ela e só a está usando para obter aquilo que quer. Os dois brigam como gato e sapato e fica difícil tirar a razão de Penélope. Bourne é implacável quando quer e para isso, sempre acaba magoando ela com as palavras e suas ações, afim de intimidá-la. 

    Penélope é daquelas que ainda não sabem o valor que tem. Ela é recatada, doce e tudo aquilo que ela nasceu para ser. O que ela quer é que suas irmãs consigam bons casamentos e que tenham "mais", aquilo que ela sempre quis para si, mas que infelizmente, parece que não terá. Mas a convivência com Bourne fará com que ela acabe amando ele dessa forma e ele a ela. Então o que impede de ambos ficarem juntos e transformarem esse casamento em amor? Justamente a vingança que motiva Bourne. Será que Bourne não será capaz de perceber que deverá abrir mão de seu passado e sua vingança em nome do amor?

    A narrativa como sempre é em terceira pessoa e vemos o lado de vista de ambos. Sarah mais uma vez agrada com personagens fortes, ousados e que acabam crescendo gradativamente durante a história. Também conhecemos mais sobre os outros canalhas e sobre o Anjo Caído e só posso ressaltar o quanto quero ler os outros livros. A história nos deixa sem fôlego, cheia de vai e vens por parte dos personagens. Garanto que se você ler esse livro, estará encantando de vez pelo gênero.
    Fonte: Mais que livros

    Comentário(s)
    6 Comentário(s)
    Lilian Huzyk 29.8.16

    Adorei a premissa do livro, mas sinceramente estou evitando romances em que a mocinha é recatada, sem experiencia e o mocinho é o pegador. Sei que o livro deve ser maravilhoso, mas por enquanto to procurando outras vibes. Sua resenha ficou otima!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    Michele Lima 29.8.16

    Ahh como sempre estamos conectadas porque terminei a leitura desse livro esses dias! Eu amei o casal e as reviravoltas! Estou doida pra ler a continuação que é com a irmã da Penelope <3 Adorei a resenha e a foto no final!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    Miriã Mikaely 30.8.16

    Oi, Li. Imagino que ás vezes cansam essa mesma premissa, não é? Leia o segundo da série (estou lendo e estou adorando!!!), totalmente diferente da mocinha recatada.

    Miriã Mikaely 30.8.16

    Rsrs, que coincidência Mi! Eu já estou terminando o segundo e amando cada segundo <3 Beijo

    Oi Miriā
    Até caixa para comentários do seu resumo de agosto não está ativada, então vou comentar por aqui. alguns livros eu já li, pois nosso estilo de leitura é muito parecido. outros estão na minha lista. gostei de saber que sua ressaca literária acabou. Achei que meu mês foi Produtivo, mas vendo o seu fiquei impressionada
    Abraços, 
    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Top Comentarista de agosto, serão 3 ganhadores e você pode ganhar um livro a sua escolha

    Miriã Mikaely 31.8.16

    Oi, Gi.
    É muito bom sair dessa ressaca rsrs também achei que foi muito produtivo e estou muito feliz por isso! Beijão.
    Eu vi lá o post mas não encontrei o problema, para mim aparece normal.

    Tecnologia do Blogger.