[Resenha] A caminho do verão, de Sarah Dessen @iD

Título: A caminho do verão
Autor: Sarah Dessen
Lançamento: 2011
Páginas: 416
Gênero: Jovem Adulto
Editora: iD
Classificação: 
Sinopse: Auden resolve passar as férias de verão em Colby, uma minúscula cidade do litoral, com o pai, sua nova esposa e Thisbe, a filha do casal e sua mais nova irmãzinha. Lá, ela revê seus conceitos em relação à madrasta, encara um emprego de férias em uma boutique totalmente demais e conhece Eli, um garoto misterioso com o qual embarca em uma busca: experimentar uma adolescência sem preocupações que lhe foi negada enquanto ele procura se recuperar de um acontecimento trágico. Junte dois solitários, uma bicicleta, um estoque infindável de madrugadas com insônia, tortas e café e… tudo pode acontecer.
Sarah Dessen virou uma autora queridinha depois do lançamento de seu livro Os Bons Segredos. Eu já estava de olho nesta obra, mas como tinha esse livro dela, resolvi fazer um breve desvio e ler esse antes. Talvez por eu não ter conseguido gostar muito da personagem principal, não embarquei muito bem na leitura e a obra deixou a desejar. Não que o livro tenha sido ruim, longe disso, mas por não ter gostado da personalidade da protagonista, fiquei com um pé atrás com ela mesmo vendo seus amadurecimento e suas mudanças ao longo da narrativa.

Auden é uma jovem cética. Digo cética porque ela faz parte do grupo de adolescentes que só estuda e se preocupa com o futuro, não sai, tem poucos amigos e tem experiência zero com namorados. Devido ao fato de que seus pais se separaram muito cedo, ela deixou de receber atenção quando mais nova e por isso teve que amadurecer rápido demais, aprendendo a cuidar de si sozinha. Os pais dela também são acadêmicos - a mãe é uma renomada professora e palestrante e seu pai um escritor -, e isso dificulta cada vez mais a convivência com ambos já que eles são extremamente críticos em relação as outras pessoas que não fazem parte do "mundinho" deles e são egoístas, fazendo suas vontades sempre prevaler sobre a vida dos outros.

Falta um verão para que Auden consiga ir para a faculdade, mas uma ligação de seu irmão mostra a ela que sua vida não é tão perfeita como imagina e que ela precisa se divertir mais antes que a vida acadêmica a consuma. Por isso, ela aceita ficar na casa de seu pai que acabou de ter uma filha com Heidi, sua madrasta. Assim como os pais, Auden é muito crítica e esse pensamento em relação as outras pessoas me incomodou bastante já que ela falava mal de cada atitude tomada por outro personagem. Auden acabou se mostrando uma menina frívola e sem graça em boa parte da leitura e isso não ajudou em nada a gostar dela. Não conseguia entender como ela conseguia criticar até as coisas mais básicas como comprar roupas, mas enfim...

Nesse tempo que ela passa lá, Auden vai amadurecendo e vai perceber que cada pessoa tem sua própria personalidade e que as aparências enganam. O pai dela se mostra mais inútil do que era e Heidi se mostra mais forte e menos superficial do que parecia. Sua irmãzinha Thisbe é uma fofa, e mesmo com as gritarias ela acaba cativando o coração de Auden assim como o do leitor. Ela também acaba fazendo amizades e vivendo situações que ela nunca poderia imaginar. A relação com sua mãe também passa por diversas mudanças e Auden começará a entender como é amar.

O livro todo é uma história louca de adolescentes. A narrativa é leve, flui facilmente e você consegue se inserir muito bem naquele mundo de Auden. Tem romance? Tem sim, mas a autora foca no auto descobrimento da Auden, na realização de experiências que ela deveria ter feito quando mais jovem mas que não fez como andar de bicicleta, e com a ajuda desses novos amigos, ela passa a realmente viver de verdade.

Acredito eu que após o lançamento desse livro, Sarah tenha melhorado sua narrativa e suas histórias, por isso vou dar chance as outras obras dela lançadas recentemente. Com certeza esse livro é para aqueles que gostam de um jovem adulto leve e cativante.
Fonte: Como devorar livros

7 comentários

  1. Acho que vou me irritar com a Auden também, viu... hahahaha
    Mas gostei da história, pretendo ler.

    Beijo,
    Sara | Lendo com Amor
    www.lendocomamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sara. Talvez você goste, não sei. Acho que para mim não deu muito certo né

      Excluir
  2. Oi Miriã!

    Nunca li nada da autora, mas todo mundo fala bem! Bom saber que a narrativa dela está cada vez melhor! E se vc gostou é bem provável que eu goste tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi. A minha esperança é que ela tenha melhorado, mesmo que eu não tenha nada contra a escrita dela, achei que os personagens são difíceis demais.
      Beijo

      Excluir
  3. Oi, Miriã!
    Acho que vou passar essa dica porque tenho certeza que vou passar a leitura toda com raiva da Auden e não vou aproveitar a história.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário Balaio de Babados e Postando Trechos
    Participe da promoção 1 Ano de Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi. Eu passei por isso mas acredito que o crescimento dela foi ótimo para o desenvolvimento da história. Acredito que alguns irão gostar e outros não rsrs depende.

      Excluir
  4. Oii,
    Eu adorei a leitura deste livro, entretanto eu fui com as expectativas lá em cima e não foi TUDO aquilo.
    Mas não desisti, li mais livros da autora e,com os pés no chão, eu aproveitei muito a leitura e dois deles se tornaram favoritos.
    Recomendo muito esta autora, pois seus livros sempre são tocantes e fazem refletir!

    Super beijo,
    May - http://mayeosvicios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤