[Resenha] Corra, Abby, corra!, de Jane Costello @Record

  • 00:20
  • 22 setembro 2016
  • A estória conta a vida de Abby, uma mulher que há apenas um ano abriu sua empresa de web design. Entre gerenciar uma empresa, ela ainda precisa ter tempo para tocar a vida amorosa, a qual há muito tempo não está movimentada.

    Bem no começo da história, Abby acaba atropelando um homem chamado Tom, mas mesmo que ele seja irresistível de tão bonito, ele a obriga pagar o concerto de sua moto já que foi ela quem provocou o acidente. Isso já é motivo suficiente para Abby guardar rancor dele e querer evitá-lo ao máximo. Abby é do tamanho 42 e constantemente vive comendo diversas coisas não saudáveis. Sua melhor amiga tenta fazer de tudo para ela entrar no clube de corrida que ela participa, assim Abby pode melhorar sua condição física, emagrecer e quem sabe, ficar com Oliver, carinhosamente apelidado de Doutor Sexy. Mas o que ela não esperava era encontrar não somente Oliver nos encontros do grupo de corrida, mas Tom também e nada menos do que acompanhado de sua estonteante namorada.

    No começo Abby é uma negação. Ela tenta fazer de tudo para impressionar Oliver e acaba errando feio em agir como alguém que ela não é, e por isso, ela acaba desistindo de vez do clube de corrida. Enquanto isso, sua equipe constituída de três funcionários e um contador a ajuda a fazer com que a empresa cresça. Porém, sua melhor funcionária Heidi, descobre que tem uma doença chamada esclerose múltipla, a qual ataca o sistema nervoso e pode causar lesões cerebrais e medulares, e que não tem cura. 

    Tentando ajudar Heidi a passar por essa barra, Abby percebe que reclama muito e resolve provar que não é uma mulher preguiçosa, então se inscreve para participar de uma corrida de 20 km para arrecadar fundos que ajudem as pesquisas sobre a doença de Heidi. Por isso, Abby começa a treinar continuamente no clube de corrida. Ás vezes ela sofre já que não está acostumada, mas Abby vai evoluindo cada vez mais e assim começa a perder peso também.

    Eu simplesmente amo a Jane Costello! Com uma escrita viciante assim como Sophie Kinsella, a autora chega com tudo com seus livros envolventes, emocionantes e irresistíveis. Depois de ter lido Quase Casados e não ter me decepcionado (resenha em breve), corri atrás desse livro, literalmente.

    Fonte: Magia Literária
    O livro é realmente grande e tem diversos elementos, reviravoltas e histórias. Eu amei essa jogada da autora porque podemos conhecer mais sobre os personagens secundários, que são tão importantes na vida de Abby. Ao mesmo tempo que a autora aborda um romance, ela fala sobre a esclerose múltipla de maneira fenomenal, fazendo com que o leitor entenda completamente a magnitude da doença, e sobre corrida, condicionamento físico, peso e auto aceitação. Também podemos encontrar o lado empresarial da Abby, que é diversas vezes mostrado no livro (outro ponto positivo já que eu curso Administração),  mentiras, traições, recomeços e o perdão.

    Fica óbvio para o leitor desde o momento que rolará um triângulo amoroso entre Abby, Tom e Oliver. Mesmo detestando triângulos amorosos, senti que a autora quase não traz isso para a narrativa, já que Abby está totalmente focada em ficar com Oliver e ela só percebe que gosta de Tom lá para o final do livro. O livro é completamente leve e é narrado do ponto de vista da Abby. Gente, essa história é uma delícia! Se você curte um chick-lit e quer se divertir, esse é o livro certo para você.


    Comentário(s)
    25 Comentário(s)

    Oi, Mika!
    Menina, esse livro está na listinha de leitura tem um tempo já, mas acabei esquecendo dele.
    Eu também não curto triângulos amorosos, mas ainda bem que a autora não foca tanto nisso.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário Balaio de Babados e Postando Trechos
    Participe da promoção 1 Ano de Estilhaçando Livros

    Miriã Mikaely 22.9.16

    Oi, Luiza. O livro é perfeito, leia logo! Garanto que você irá adorar.

    Lilian Huzyk 22.9.16

    Eu ouvi falar tanto desse livro e li tantas resenhas que parece que já conheço, rsrs, mas admito nunca li. Adorei sua resenha, realmente me deixou motivada a ler!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    Miriã Mikaely 22.9.16

    Oi, Li. Esse livro é bem conhecido, e por isso que eu resolvi ler. Leia, é uma delícia de leitura.
    Beijo

    Oi Miriã

    Eu li Quase Casados da Jane Costello e gostei muito. Tenho esse em ebook e quero muito ler. Bom saber que a história te agradou porque assim muito provavelmente vai me agradar também rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    Sil 22.9.16

    Olá, Miriã.
    Eu nunca li nada da autora ainda, mas amo a Sophie Kinsella e se os livros são parecidos já quero ler. E essa capa também está linda. Vou anotar na minha lista.

    Blog Prefácio

    Oii, tudo bem??
    Gostei da sua indicação de check-lit, acho que eu iria adorar!!

    Beijos,
    Natália.

    www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    Miriã Mikaely 23.9.16

    Oi, Mi. Como a gente se parece em quase tudo, sei que vai adorar tanto quanto Quase Casados!

    Miriã Mikaely 23.9.16

    Oi, Sil. Acho que ambas escrevem um chick-lit como ninguém, além da Rachel Gibson e da Gemma Townley, por isso super indico!

    Miriã Mikaely 23.9.16

    Oi, Nat. Se caso você ler um dia, espero muito que tenha gostado! Beijos

    Carol Mendes 23.9.16

    Eu AMO o gênero, embora faz tempo que não leio nenhum livro, tá na hora de retomar a leitura porque bateu saudade.
    A trama parece ser bem divertida, então assim que possível vou ler.
    Obrigada pela dica!

    Virando Amor

    nnt 23.9.16

    Já vi inumeras resenhas positivas desse livro por esse mundão blogosferico* afora, mas ainda me despertou a curiosidade. Sua resenha ficou ótima, bem detalhada.

    Um abraço.
    http://julietincrisis.blogspot.com.br/

    Larissa Dutra 23.9.16

    Olá, tudo bem? Primeiro, que essa capa é super fofa. Segundo, que o livro parece ser simplesmente incrível e engraçado. Adorei a resenha e vou ir atrás do livro agora!

    Beijos,
    Duas Livreiras / Sorteio de 3 KITS

    Pedro Oliveira 23.9.16

    Miriã, primeiramente: SEU BLOG É LINDO!
    Parabéns pelo trabalho, adorei.
    E a resenha ficou incrível também. Esse é um livro que eu tenho muita vontade de ler, mas que nunca dei uma chance verdadeira. :)

    Abraços,

    PEDRO OLIVEIRA
    UM MENINO LEITOR

    Miriã Mikaely 23.9.16

    Oi, Carol. Esse livro é ótimo para quem gosta de um chick-lit divertido. Eu super indico, porque a Jane tem um talento super nato! Beijo

    Miriã Mikaely 23.9.16

    Obrigada! Eu adorei esse livro e não me decepcionei, então espero que você leia e que goste também!

    Miriã Mikaely 23.9.16

    Oi, Lari. Eu amei esse livro justamente pela capa e pelo enredo que é tão divertido. Leia leia!

    Miriã Mikaely 23.9.16

    Obrigada, Pedro.
    Esse livro estava na minha lista há um tempão e só agora eu resolvi dar uma chance a ele. Se eu tivesse lido antes, talvez não tivesse perdido tanto tempo porque a narrativa é perfeita!

    Oi Miriã!
    Eu também não gosto de triângulos amorosos, mas raros casos os autores conseguem fazer esse clichê funcionar bem. Pelo jeito esse foi o caso. Ainda bem :)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    Miriã Mikaely 24.9.16

    Oi, Mariana. Acho que a autora soube desenvolver muito bem esse romance, acho que isso compensa muito ao ler o livro.

    Olá, Miriã!
    Que resenha mais linda *-* A capa deste livro é uma gracinha e a estória chamou bastante minha atenção! Parece ser leve e divertido :D Já coloquei na wishlist haha
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    Miriã Mikaely 27.9.16

    Todos os livros da Jane Costello tem essa capa maravilhosa e encantadora! Por isso, já deixo indicado os outros livros dela também porque são uma delícia.

    Thaís Marinho 5.10.16

    Oi, Miriã!
    Gente, eu estou apaixonada pela resenha e o livro, nunca li nada da autora e nem da Sophie Kinsella mas tenho livros dela aqui.
    Adorei a premissa da autora e os assuntos abordados, também odeio triangulo amoroso mas se não for o foco principal eu até leio numa boa. Parece ser uma história divertida e emocionante.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos

    http://www.desbravadordemundos.com.br/

    Miriã Mikaely 5.10.16

    Oi, Thaís. A capa do livro realmente é linda! Acho que esse livro é muito bom para aqueles que gostam de um chick-lit divertido e espirituoso.

    Lili 8.10.16

    Oi Miriã, preciso colocar esse livro na minha lista. Eu sempre namorava essa capa, mas ficava com medo que fosse um livro bobinho. Sua resenha me animou muito, já que eu amo chick lit.

    Beijos

    Lili - Blog Meninas na Literatura

    Tecnologia do Blogger.