[Resenha] Seduzida por um Guerreiro Escocês, de Maya Banks @Universo dos Livros

  • 09:22
  • 09 dezembro 2016
  • Título: Seduzida por um Guerreiro Escocês
    Autor: Maya Banks
    Lançamento: 2016
    Páginas: 338
    Gênero: Ficção / Romance / Literatura Estrangeira / Erótico
    Editora: Universo dos Livros
    Sinopse: Eveline Armstrong é imensamente amada e protegida por seu clã, mas as pessoas a consideram diferente, pois apesar de ser linda e encantadora, a moça sofreu um acidente que lhe causou sequelas não só psicológicas, mas também físicas, visto que ela ficou surda. Satisfeita com sua vida reclusa, ela aprendeu a ler lábios e permitiu que o mundo a enxergasse como uma tola. Contudo, quando um casamento arranjado a torna esposa de Graeme Montgomery, integrante de um clã rival, Eveline aceita seu destino - despreparada para os deleites que viriam. Enredado pelos mistérios de Eveline, cujos lábios silenciosos são cheios de tentação, Graeme vê seu casamento ameaçado devido às rivalidades entre clãs e agora deverá enfrentar inúmeras adversidades para salvar a mulher que lhe despertou tanto amor.
    Nunca li nada escrito pela autora Maya Banks, mas fiquei admirada pelo seu talento assim que comecei a ler este livro. Com uma narrativa direta, intercalada entre os protagonistas desta história, conhecemos Graeme Montgomery e Eveline Armstrong. Graeme é o chefe do clã Montgomery, que tem uma rixa há anos com o clã Armstrong, já que o chefe deles matou seu pai. Nada se pode esperar desses dois clãs juntos a não ser guerra, o desejo de vingança é insaciável. Porém, para acalmar os ânimos, o rei acaba por decretar que um casamento entre Graeme e Eveline, filha do chefe dos Armstrong, deverá ser feito para que a paz entre os dois clãs seja selada.

    A decisão do rei não poderia ser pior e muitos a acham um ultraje, porém, quem não estiver disposto a cumprir o acordo será considerado inimigo do rei e começará a ser caçado. Graeme sabe que será o fim da sua linhada, já que há boatos que Eveline é louca e que não pode desempenhar o papel de uma esposa. Ela, entretanto, não é louca. Há três anos atrás, Eveline foi prometida em casamento a Ian McHugh, mas a crueldade do rapaz a deixava com medo e após ter sofrido uma grande queda do cavalo, onde acabou perdendo a audição, Eveline viu sua grande chance de livrar-se do casamento com Ian fingindo estar louca todo esse tempo. Ela nunca mais falou desde então, mas consegue ler os lábios das pessoas e assim entender o que elas dizem.

    Eveline sabe que assim que casar-se com um Montgomery não terá mais volta. Terá que sair de seu clã. onde se sente acolhida e amada, e terá que viver em um onde sabe que as pessoas a desprezam, mas ao mesmo tempo que isso a aterroriza, Eveline está animada pois poderá parar de fingir ser louca. A convivência dos dois, apesar de serem de clãs inimigos, é fácil e carinhosa. Graeme nunca viu tanta beleza em uma mulher, e sabe que mesmo que não queira, dará todo seu apoio a esposa para que ela se sinta protegida em sua casa.
    Foto por Leitora Encantada
    Entretanto, a convivência com o clã Montgomery não é nada fácil para Eveline. Eles a xingam, não a respeitam e fazem de tudo para humilhá-la. Mas Eveline é uma mulher forte e ousada, mesmo que ás vezes pareça fraca, ela faz de tudo para mostrar o seu valor. E quando ela acaba falando pela primeira vez, seus segredos enfim são revelados. Graeme não poderia se sentir mais aliviado ao descobrir que sua mulher somente é surda e não uma louca, e não vê a hora de consumar o casamento, já que a cada vez mais Eveline o encanta com sua beleza e bondade. Mas nem tudo são rosas e muitas pessoas farão de tudo para provocar uma guerra entre os Montgomery e os Armstrongs.

    Foi minha primeira vez lendo um romance de época que passava-se totalmente na Escócia. As diferenças entre a sociedade londrina e escocesa são gritantes. Além de não ter bailes entre outras coisas, as famílias são divididas em clãs e vivem do feudo. A paisagem da cidade é substituída pelos verdes campos onde ficam as fortalezas de cada clã. O modo das pessoas agirem mostra essa grande diferença, muitas vezes achei que o tempo estava passando na Era Medieval, e isso dificultou um pouco minha leitura porque ás vezes ficava confusa em relação a lugares e cenários.

    Os personagens por sinal são extremamente cativantes. Eveline tem uma inocência muito fofa e eu ri muito dela quando Graeme a acaba subjugando e ela mostrava quem realmente era. Graeme é um guerreiro charmoso, mas que diferentemente dos outros rapazes, não tem uma longa lista de mulheres que passaram em sua vida, o que achei bem diferente dos demais livros, onde o homem sempre é um sedutor. Os outros personagens também são cativantes a sua maneira, e são tantos que mal me lembro dos nomes deles, mas que todos tem um papel importante na obra.

    A história é maravilhosa! Apesar de ter achado o envolvimento do casal rápido demais, não dá para negar que Maya Banks se saiu muito bem escrevendo esse livro. Criar uma protagonista com uma deficiência mudou a forma como vemos os livros de época, que geralmente são sempre romantizados demais, por isso amei a forma como ela resolveu dar personalidade a seus personagens. Para quem gosta de um bom romance, este é uma ótima opção para ser lido!

    Comentário(s)
    26 Comentário(s)

    Oi, Miriã!
    Menina, realmente a diferença da sociedade escocesa da londrina é gritante. Confesso que acho a escocesa mais legal, sem essa de bailes e afins hahahahha
    Nunca li nada da Maya, mas como ando numa vibe de romances de época, vou dar uma chance.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Natal Literário
    Participe do Sorteio de Fim de Ano
    Participe da promoção três anos de Um Oceano de Histórias

    Miriã Mikaely 9.12.16

    Oi, Lu. Eu gostei de ambas as duas, porque dão um toque diferente aos livros. Leia se puder, eu gostei bastante e espero que você goste também!

    Bom dia, amei esse enredo, nunca li um livro dessa autora, vou procurar e se eu ler te conto o que achei!
    Beijos e Feliz Natal! 🎄
    Blog A primeira Casa

    Loysla Lara 9.12.16

    Olá, Miriã.
    Nossa nunca tinha visto nada sobre a autora, adorei a sua resenha sobre o livro. Vou procurar mais sobre a autora.
    Beijos,
    teattimee.blogspot.com.br

    Oi Miriã, também tenho notado a diferença entre a sociedade inglesa e a escocesa, mas nos livros de Diana Galbadon na série Outlander. O mais interessante, neste caso, é que a autora é um pouco historiadora, então ela conta detalhes riquíssimos do modo de viver desses clãs.
    Gostei dos seus comentários sobre esse livro, tinha certo preconceito com os livros de Maya Banks, para ser sincera, mas acho que posso dar uma chance. rsrs

    Beijos

    Alice Martins 9.12.16

    Oi Miriã, tudo bem?

    Não conhecia o livro e nem a autora, mas pela forma que você foi desenvolvendo sua resenha me vi encantada pelo ambiente em que a história se situa. Gosto de mocinhas de época fora do convecional e parece que a Eveline é exatamente assim. Fiquei curiosa para ver como ela se sairá no clã inimigo e como a relações deles será construída. Adorei!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    Mia 9.12.16

    Eu gosto muito deste género de romances especialmente quando se passam na Escócia então fiquei muito curiosa para ler este. O facto de a protagonista ser surda é um factor diferenciador que tem tudo para deixar a história bem diferente. :)

    Boa review

    Beijinhos

    http://buongiornoprincipessa3.blogspot.pt

    Oi MMiriã!! eu achei que era na era medieval!! #buguei agora tb kkkkkkkkkk eu amo a Maya Banks e já estou com o livro pra ler!! 99% certeza de que vou gostar como vc gostou kkkkkkkk

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    Miriã Mikaely 9.12.16

    Oi. Espero que você possa ler e gostar, eu realmente indico o livro, é muito bom e cheio de romance e ação.

    Miriã Mikaely 10.12.16

    Oi! Parece que a Maya é autora de livros eróticos, então foi uma grande descoberta para mim que ela tenha feito esse livro de época, que por sinal é maravilhoso!

    Miriã Mikaely 10.12.16

    Oi, Ju. Eu sei que muita gente tem preconceito com ela porque ela é autora de livros eróticos, mas assim, não devemos julgar pelo estilo de livro dela mas pela forma como ela escreve, que sem dúvida é maravilhosa.

    Miriã Mikaely 10.12.16

    Oi! Pois é, a Eveline foi de contra tudo aquilo que eu gosto em romances de época, porque eu sempre imagino personagens perfeitinhos, mas foi uma surpresa boa, me deixou encantada!
    Beijo

    Miriã Mikaely 10.12.16

    Oi, Mia. Esse livro me surpreendeu de uma forma maravilhosa, sem contar que adorei conhecer mais sobre a Escócia!

    Miriã Mikaely 10.12.16

    Oi, Mi. Eu nunca li nada dela, se tiver outros livros me indicar eu agradeço. Eu não sei exatamente se é ou não é. O livro não tem especificação nenhuma de data, mas parece muito na era medieval.

    Devo admitir que essas capas não me atraem, mas gostei bastante do enredo e a história parece se desenrolar muito bem.
    Art of life and books

    Miriã, ela tem uma série hiper mega hot, o primeiro se chama Obsessão, mas gosto mais quando ela escrevia romances de bancas rsrsrsrrsrs

    Raissa Martins 10.12.16

    Adoro estórias que se passam nas Highlands!
    Me lembra um pouquinho Outlander kk
    Não sou fã de romances de época, mas gostei da sinopse desse.. Quem sabe!

    Beeijos

    ooutroladodaraposa.com.br

    Luiza 11.12.16

    Recebi esse livro esta semana e estou doida para iniciar a leitura.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    Miriã Mikaely 11.12.16

    Oi! Falando sério, essa capa deixa muito a desejar, mas o enredo é maravilhoso, por isso eu super indico!

    Miriã Mikaely 11.12.16

    Oi, Rai. Eu quero muito conhecer Outlander, todo mundo diz que é ótimo, e depois de ler esse livro, quero muito conhecer a cultura escocesa.

    Miriã Mikaely 11.12.16

    Oi, Lu. Espero que você goste tanto quanto eu. Foi uma surpresa maravilhosa!

    Miriã Mikaely 11.12.16

    Sério? Eu fiquei sabendo que ela era autora de livros eróticos, mas do jeito que eu tô naquela frescura de parar de ler livros eróticos, não sei se leria haha os romances de banca são sempre os melhores! Eu adoro ler eles, geralmente são ótimos!

    Pâm Possani 11.12.16

    P.S. eu já comentei ?:o esqueci!!

    Miriã Mikaely 11.12.16

    ??

    Pandora 11.12.16

    Eu estou seca para ler esse livro há milêniooooooossss!!! Adoro a Maya em sua versão contemporânea e estou ansiosa para conhecer ela em sua versão histórico! Adorei sua resenha reforçou minha vontade de ler o livro!

    #DoQueEuLeio

    Miriã Mikaely 11.12.16

    Oi! EU nunca li nada dela mas estou curiosa, já que nessa versão clássica ela se saiu muito bem!
    Beijo

    Tecnologia do Blogger.