Os pais mais filhos da p*ta dos livros

  • 10:59
  • 17 fevereiro 2017
  • Desculpem o palavreado mas quem nunca se revoltou com algum personagem por suas ações? Como vocês devem saber, é muito comum que os new-adults tenham bastante dramas familiares envolvendo os personagens principais. Quantas e quantas vezes lemos um enredo regado a muito ressentimento e falta de perdão? Isso é tão comum que se tornou uma coisa banal nos livros do gênero, coisa que eu nem me importo de verdade, já que acho que isso deixa a história bem mais emocionante. 

    O que acontece é que sempre existem aqueles personagens que você simplesmente quer matar! E a maioria deles, infelizmente são os pais dos nossos protagonistas. Nunca entendi mas estes precisam levar o prêmio de babacas do ano. Acho que nunca senti tanta raiva de alguém como eu sinto quando vou ler alguma das negligências e injustiças que estes pais fizeram com seus filhos. Por isso, hoje vou falar sobre os pais literários mais filhos da puta da história dos livros.

    O PAI DE ELLAMARA (DO LIVRO CINDER E ELLA)
    Antes de tudo, eu vou sempre citar de quem são os pais literários que vou falar até porque eu nunca lembro-me o nome de todos os personagens, e assim fica mais fácil para vocês entenderem. 
    Voltando... o pai da Ella a abandonou quando ela tinha 8 anos de idade e desde então, somente tinha enviado cheques com dinheiro para sua mãe, estes que ela nunca tocou. Além de ter ignorado as cartas e pedidos que a filha mandava, ele reaparece em sua vida após o acidente onde ela perdeu sua mãe, seu porto seguro, e acabou com mais de 60% do corpo queimado.

    O problema dele é que ele acha que dar uma casa com conforto ou matriculá-la em uma escola cara vai tirar toda a culpa que ele teve na infância sem pai que Ella teve. Foi ridículo ver o quanto ele era insensível com os sentimentos da menina, se preocupando mais com o bem-estar de sua nova família do que a da própria filha. Se tem um cara que eu odiei, com certeza foi o pai da Ella. 
    Foto por Leitora Encantada
    O PAI DE BLAIRE (DO LIVRO PAIXÃO SEM LIMITES)
    Todo mundo que já leu a série Rosemary Beach da Abbi Glines sentiu o mesmo ódio que eu senti quando descobrimos o que o pai da Blaire fez com ela. Além de ter sido covarde e não ter conseguido lidar com a morte da filha, deixando sua mulher e sua outra filha a mercê do destino, ele simplesmente oferece uma casa para ela morar sendo que nem ele estava lá para recebê-la, e pior, a casa nem era dele! 

    Blaire teve que lidar a morte da mãe e acabou gastando todas as economias para pagar os tratamentos e o funeral, para saber que seu pai vivia confortavelmente com sua nova esposa. Ridículo, não? Mesmo que no final descobrimos porque ele a abandonou, nada justifica e nem apaga a negligência dele para com ela.
    Foto por Carla e Quim
    MARTY, O MARIDO DA JESS (DO LIVRO UM MAIS UM)
    Este texto pode conter spoiler do livro
    Se tem uma coisa que eu detesto é homem que não é capaz. Marty é justamente esse tipo de homem. Não conseguir sustentar sua mulher e seus dois filhos por incapacidade e idiotice dele me fez querer socá-lo o livro inteiro. O pior é que ele deixa seu filho de outro casamento, que não tem absolutamente nada a ver com a Jess, nas mãos dela para ela criar, enquanto tira um tempo para si só na casa da mãe. E se não bastasse, ela descobre que na verdade ele está vivendo bem com outra mulher na Escócia... É sério Jojo Moyes? Por que você criou um personagem tão filha da puta? Nossa, nunca senti tanta raiva! (Estou meio revoltada rsrs, desculpem o palavreado).
    Foto por Armário de madame
    O PAI DA ASHLYN (DO LIVRO SR. DANIELS)
    Acho que de todos os pais citados aqui, este foi o que eu menos odiei. O pai da Ashlyn também abandonou a família quando eram mais novos e acabou reaparecendo outra vez após a morte de sua filha gêmea. Tendo que ir morar com ele, Ashlyn fica revoltada por aquele homem que mal a conhece querer confortá-la depois de todo esse tempo. Além de ver que a família perfeita no qual o seu 'pai' convive não a entende e não a quer por perto, ela precisa lidar com vários outros problemas como a depressão pela morte de sua irmã. É ou não é pra chorar?
    Foto por Lendo e Esmaltando
    MÃE DA CATH E DA WREN (DO LIVRO FANGIRL)
    Este texto pode conter spoiler do livro
    E claro, não poderia faltar uma mãe nesse top 5, porque ás vezes a culpa nem é sempre do pai, certo? A mãe das duas gêmeas também abandonou as filhas como todos os outros livros, simplesmente porque, de acordo com ela, ela precisava viver sua vida e se sentia presa dentro de casa. Vai que cola, né! O mais chato é que ela tenta entrar na vida das garotas como se nunca tivesse feito nada. Como que anos após o abandono da mãe ela pode voltar querendo receber beijos e carinhos da filha? É muita cara de pau! E olha, eu fiquei tão orgulhosa da Cath por ter resistido as tentativas da mãe dela de se reaproximar, porque se fosse comigo, ah, ela ia ouvir muito.
    Foto por Meninices da Vida
    ***BÔNUS: MÃE E PAI DA ELEANOR (DO LIVRO ELEANOR & PARK)
    Este texto pode conter spoiler do livro
    A Rainbow tem a capacidade de fazer com que o coração do leitor se parta em múltiplos pedacinhos e olha, depois que li esse livro, eu senti tanta raiva e ao mesmo tempo tanta tristeza que não conseguia falar do livro com ninguém. A mãe da Eleanor não a abandonou como a maioria dos personagens fizeram, nem seu pai. Na verdade eles se separaram e a mãe dela acabou casando-se outra vez e tendo mais três filhos com o novo marido. O problema é que a vida de família feliz não existe. O padrasto da Eleanor é abusivo e agressivo. O fato é que Eleanor está cansada das humilhações que passa naquela casa. Sabe o que é triste? Ver que sua mãe não faz nada. Nunca me senti tão revoltada com a negligência de uma mulher. Ela simplesmente aceitava tudo e ainda mandava os filhos agradecer pela "bondade" de seu marido. 

    E se você pensa que Eleanor corre para os braços do pai, você está muito enganado. Além da mãe negligente, ela ainda tem que lidar com um pai retardado, que ainda não entendeu que já passou a fase de brincar e tem que viver a vida de verdade. Com pais desse, quem precisa de inimigo? 
    Foto por Chata de Galocha
    Outra vez, peço desculpas por algumas palavras, mas enquanto estava escrevendo esse post, senti uma raiva daquelas... Agora que eu já despejei todo meu ódio por estes ditos personagens que não valem nada, cabe a você, caro leitor, me contar qual pai de algum livro que você simplesmente DETESTA! E não precisa medir suas palavras, aqui é um mundo aberto onde sua opinião é que a mais importa. Um beijo!

    Comentário(s)
    22 Comentário(s)

    Oi, Miriã!
    Desses, eu só conheço a mãe da Cath e da Wren e realmente quis matar essa mulher.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    Miriã Mikaely 17.2.17

    Oi, Lu. Sério? Nossa, então você precisa conhecer os outros porque tenho certeza que odiará bastante assim como eu.
    Beijo

    Ana Karla 17.2.17

    Não li nenhum dos livros, mas tenho vontade de ler FanGirl
    www.byanak.com.br

    Oi Miriã,
    Dos livros citados, eu só li o da Abbi Glines, mas quero muito ler Sr. Daniels.
    Pais chatos... Deixa eu ver se me lembro de algum... A mãe da Maitê em Amor Plus Size me irritou MUITO.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    Alice Duarte 17.2.17

    Oiii Miriã

    Fangirl vai ser minha próxima leitura, aiii vou ficar de olho nessa mãe....rsrs

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    Oi Mi! Eu só li Paixão sem limites da sua lista e não consegui perdoar o pai da Blair, confesso! Ele foi muito idiota! Fangirl é um dos próximos da minha lista de leitura e já vou preparando meu ódio kkkkkkkk

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    Oi Miriā
    Eu como mãe digo na nossa defesa que também somos humanos e como tal cometemos erros. Mas alguns são inaceitáveis, e acredito que, pelo menos nos dois livros que li, você está certa. Em fangirl o que a mãe das gêmeas fez foi inaceitável, também não perdoaria. Em Sr. Daniels lembro que fiquei muito chateada com o pai e um pouco com a mãe da protagonista também.
    abraços
    Gisela
    www.lerparadivertir.com

    que post criativo flor, adorei. Concordo com você, existe muitos pais sem noção nesse mundo da literatura né? ainda não li nenhum dos livros mas já tem muitíssimo tempo que eles estão na minha lista de desejados. beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    Oi!! Infelizmente não li nenhum desses, mas é chato pais assim. Mas quando o drama é grande demais, também não é legal. O único pai que odiei até agora foi o de Maxon no livro a elite. Bjos ♥️

    Click Literário 

    Tamires Marins 18.2.17

    Oi, Mi

    Dessa lista eu só conheço o pai da Blaire. Bem FDP ele mesmo. Aliás, adorei a ideia da postagem! Hahahaha
    Eu tenho Sr. Daniels, mas ainda não li. Eu acrescentaria nessa lista a mãe de Lochan e Maya, do livro Proibido. Se vc não leu, leia. Ela é a FDP das FDPs! Hahahaha

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    Pâm Possani 19.2.17

    Amei essa capa de cinder e Ella mas tem uns pais que são muito fdp, man! Nossa que sacanagem esse da Blaire, SPoilerrrrrr

    ate jojo? (sem spoiler por favorrr) Olha eu amei o ar que ele respira da Brittainy e a capa de Sr Daniels acho que da pra perdoar o pai dela ne? rs
    Esse de Fangirl eu LI - AMEMMM UM pelo menos rsrsrs
    Olha, pode marcar ai a mãe de Wake- Fade-Gone e os pais da Kylie da saga Shadowfalls, fazem umas coisas que vou te falar... tadinhas :(
    adorei o estilo de post viu :D
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    Miriã Mikaely 19.2.17

    Oi, Ana. Fangirl é muito bom mas eu passei raiva com algumas atitudes da Wren e da mãe das meninas, mas ele é realmente muito fofo, tenho certeza que irá gostar.
    Beijo!

    Miriã Mikaely 19.2.17

    Oi, Alê. Acho que já ouvi falar desse livro kkk acho que hoje em dia a maioria dos pais dos protagonistas literários são chatos aff

    Miriã Mikaely 19.2.17

    Oi, Alice. Espero que você curta o livro, ele é muito fofo!!! (Exceto as burradas da mãe e da Wren)

    Miriã Mikaely 19.2.17

    Oi, Mi. Eu também não perdoo, fico com um pé atrás mesmo se eu ver que o personagem se arrepende e se redimiu. Fangirl é lindo demais, espero que goste!

    Miriã Mikaely 19.2.17

    Oi, Gi. Já li histórias onde os laços maternos são postos a prova e entendi muita das situações que elas passaram, mas estes dois livros em específico nem dá pra aliviar. Eu também fiquei com raiva da mãe dela no início, mas depois entendi que ela estava sofrendo muito com a morte da filha e por isso relevei.

    Miriã Mikaely 19.2.17

    Oi, Tay. Realmente, eu só me deparo com pais problemáticos, meu Deus. São eles que deveriam dar apoio a seus filhos mas na verdade, parecem que são eles que precisam.

    Miriã Mikaely 19.2.17

    Oi. Eu li e não gostei nada dele, mas acho que o pai dele não é tão pior do que esses citados acima. Espero que leia algum ;P

    Miriã Mikaely 19.2.17

    Oi, Tamires. Eu tenho Proibido para ler mas sempre tenho preguiça de começar, mas vou tentar ler o quanto antes. Sr. Daniels é um livro tão lindo, mas bem triste kkk

    Miriã Mikaely 19.2.17

    Oi, Pâm. Que bom que gostou! O do Sr. Daniels eu relevei porque tem muito cara pior, então espero que você leia os outros e entenda porque eles são bem fdps...

    F.S.Kate 21.2.17

    Olá,

    Eu não li nenhum desses livros, mas com a intensidade que você os descreveu acredito que sejam horríveis. É péssimo quando encontramos esse tipo de pessoa nos livros, realmente nos deixam revoltada.

    Beijooos!

    Miriã Mikaely 21.2.17

    Oi, rsrs eu sei que escrevi com um sentimento de revolta e repulsa mas eu senti tudo isso ao ler esses livros. Pessoas assim são um nojo sabe

    Tecnologia do Blogger.