[Resenha] Rostinho Bonito - Mary Hogan

  • 22:32
  • 05 fevereiro 2017
  • A vida de Hayley tinha tudo para ser perfeita.
    Ela mora na Califórnia, a poucos metros da praia, o clima é sempre perfeito, as pessoas são legais e ela tem uma melhor amiga dos sonhos! Além de tudo, Hayley é engraçada, inteligente, amiga e tão bonita...de rosto.
    Tudo isso seria ótimo se não fosse por um pequeno detalhe: Hayley e a Califórnia não poderiam ser mais incompatíveis. Ela não tem nada de magrela e, sem o corpinho sarado (ainda que artificialmente) típico da região, nem pensa em chegar perto da praia. Suas qualidades, ao invés de ajudar na sedução do lindo Drew Wyler, só atrapalham.
    Antes que Hayley surte com a pressão de ter uma mãe irritantemente obcecada por perder peso, um amor que nunca vai passar de uma amizade - e que, além de tudo, está a fim de sua melhor amiga - e sua dificuldade em se encaixar no padrão californiano, seus pais resolvem ter a melhor ideia do mundo: mandá-la para a Itália para passar o verão!
    Hayley não poderia imaginar que seria lá, em um lugar onde ela precisa andar quilômetros no sol (e em ladeira!) para ter acesso a tecnologia, longe de sua melhor amiga e tudo que lhe é familiar e tendo que conviver com dois irmãos pequenos em sua nova casa, que sua vida mudaria para sempre.
    Aprendendo a ter uma visão completamente diferente de si mesma e do mundo, Hayley pode finalmente ser Hayley, . Lá ela não é gorda, tem curvas. A comida (quem diria!) não é sua arqui-inimiga. Ter um rostinho bonito é finalmente um elogio. Mas, principalmente, lá ela não precisa ser mais uma menina de revista para achar o seu verdadeiro Drew Wyler. 

    Young Adult | 240 páginas | Editora Galera Record |

    Hayley é uma garota de 16 anos que mora na Califórnia, típico lugar de meninas com peitos siliconados, bundas para cima e barriga tanquinho, só que ela não tem nada disso. Além de estar acima do peso - 15kg precisamente -, e tendo que aturar sua mãe com reclamações constantes de seus hábitos alimentares, ela só pode contar com seus olhos azuis e sua pele sedosa que complementam seu apelido de 'rostinho bonito'. 

    Apaixonada por Drew Wyler, um garoto da escola, Hayley sabe que nunca teria chance com ele, mas não custaria nada tentar. A grande decepção acontece quando ela descobre que Drew está interessado em sua melhor amiga, Jackie. Para o alívio da menina, seus pais lhe presenteiam com uma viagem de 10 semanas para a Itália. Lá Hayley irá perceber que corpo e imagem é o que menos conta e que o que importa realmente é quem as pessoas são. 

    MINHA OPINIÃO
    Rostinho Bonito é um livro simples, leve e maravilhoso para quem gosta do gênero young adult. Hayley é uma personagem que tem personalidade, confiante e o melhor, que tem segurança. Somos acostumados a ler livros onde as personagens femininas são inseguras com seu corpo, Hayley não. Ela sabe que está gorda, quer mudar isso mas a pressão da mãe e de ser uma adolescente fazem com que ela não consiga. Quantas pessoas nós vemos na mesma situação e acabamos rotulando elas como preguiçosas ou algo do tipo simplesmente por  não conseguirem emagrecer? Hayley passa justamente por isso.
    Foto por Leitora Encantada
    A viagem a Itália vem como um bálsamo para salvar a personagem da humilhação de ser trocada por sua melhor amiga, e lá Hayley irá viver novas aventuras, e até mesmo um novo amor. Para conectar-se a internet ela precisa andar quilômetros, não tem celular para ligar e lá a comida é venerada. Como deixar uma menina considerada acima do peso em uma cidade onde todos empurram comida para a boca dela?

    "Eu Sou:
    a. A menina engraçada
    b. Só uma amiga
    c. A que não tem namorado
    d. Ou a garota de rostinho bonito... "

    Foto por Leitora Encantada
    Eu achei difícil resistir a metade dos pratos que nos são apresentados na história, então imagino que para nossa personagem tenha sido terrível, já que mesmo se impondo diversas regras, ela acabava quebrando todas e comendo mais do que deveria. No começo achei que a mãe dela era um pé no saco, mas percebi que por ter sido gorda, a mãe de Hayley preocupava-se com a saúde da menina e que somente queria o melhor para a filha. 
    Foto por Leitora Encantada
    A escrita da Mary Hogan é maravilhosa, rica em detalhes sobre a Itália e seus arredores. Parece que fiz uma viagem para lá! Ela também insere de forma natural algumas palavras italianas, o que achei bem legal porque caracterizava ainda mais o lugar. Não encontrei erros de diagramação, mas confesso que não gostei muto da capa do livro.

    Rostinho bonito se mostrou um livro maravilhoso, que nos mostra o quanto as pessoas dão mais importância a aparência do que a personalidade ou o caráter. É um livro perfeito para quem gosta de personagens adolescentes e claro, com temas como comida e viagens!

    Comentário(s)
    20 Comentário(s)

    Oi, Miriã.
    Achei a história bem legal, amo livros levinhos.
    Mas o que mais gostei foi que a personagem apesar de estar acima do seu peso ideal por causa de sua saúde é bem resolvida consigo mesmo, hoje em dia é muito raro ver uma adolescente feliz com o próprio corpo. Por isso construir personagens que fogem dos padrões irreais da sociedade é algo maravilho.
    É um livro que leria com muito prazer.
    Amei as fotos, caprichadas como sempre.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    Oie,
    nossa não conhecia o livro, mas achei muito legal! Adorei a premissa e tema, vai para a lista de desejados agora mesmo

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz

    Oi, Camila. Isso foi uma das coisas que gostei na personagem principal. Ela não sei deixava abater por causa de seu peso. Tinha suas inseguranças? Tinha, mas não era obcecada tentando mudar.

    Oi, Vanessa. Que bom que você gostou! Esse é um livro bem gostosinho de ler, li somente em um dia então é ´timo para desanuviar de outras leituras mais densas.

    Carla A. 6.2.17

    Oi, Miriã!
    Adorei a capa! Tão simples e fofinha! A história parece ser bem leve e tem horas que leituras assim são necessárias, né?! Eu adoro! E achei muito legal a protagonista ter sido construída de uma maneira que, mesmo tendo consciência de estar acima do peso chamado ideal e tudo o mais, não fica se martirizando por isso, se aceita como é.

    Beijos, Entre Aspas

    Oi, Carla. Essa segurança da personagem principal em relação a seu peso foi uma das coisas que mais gostei no livro, que deram um ar mais maduro a mocinha. É um livro bem leve e fofo.

    Oi, Miriã

    Essa expressão "bonita de rosto" me perseguiu por toda a adolescência! Eu fui uma adolescente gorda e sofri muito por não me encaixar nos padrões! Essa expressão me matava!
    Não conhecia o libro e achei muito fofo, deve ser uma leitura muito gostosa e eu já fiquei aqui imaginando quais são essas comidas maravilhosas, afinal, ela foi para a Itália, né? Hahahahahaha

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    Oii Miriã...
    Não conhecia esse livro e achei a premissa bem interessante, estava procurando livros sobre o tema para ler, época de escolha, eu não era a do rostinho bonito, eu era tão magra que tinha inúmeros apelidos ofensivos, mas eu sobrevivi kkk.. Hoje eu já tenho bem mais peso e tenho que ficar controlando a comida, nessa parte até me identifiquei com a protagonista desse livro. Ótima Resenha!

    Beijinhos!
    Amanhecer Literário

    Olá, primeiramente amei o novo layout do blog. Já ouvi falar do livro gostei muito da história parece ser bem divertida e reflexiva e o bom de tudo é que se passa na Itália. ;)

    www.mundofantasticodoslivros.blogspot.com

    Oi, Tamires. O livro resume a vida de muitas meninas que passam pela mesma situação infelizmente, mas de uma maneira leve e sem se aprofundar demais. As comidas são sim maravilhosas! Eu fiquei louca para provar alguma.

    Oi Miriã! Eu não conhecia o livro, mas já super me identifiquei com a protagonista! Não sei se tb vou resistir aos pratos rsrsrsrs sou gulosa rsrsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    Helloo, Miriã. Tudo numa nice?!
    Well, eu nunca tinha visto esse livro antes. Achei cool a premissa, me parece ser um livro para tirar a gente da ressaca, intercalar com leituras mais densas ou fantasias bem fortes. Eu acho que ficaria enjoada de ler tanta comida. Meu estômago é pequeno e tenho problemas com alimentação. Enjoo fácil e às vezes fico com vontade de vomitar só de ver ou sentir certos pratos.
    Mas enfim, acho que leria esse livro.
    Beijin...
    Ah, sim. Queria dizer que adorei o blog. Esse novo template ficou tão awesome. O trabalho dessa web - já vi outros dela - é tão minucioso e delicado. Super amei.
    Pieces of Alana Gabriela

    Oi! Eu gostei da capa rsrs só que as cores são bem fortes. E gostei da história em si. Estou com alguns quilos a mais também, não tanto como a personagem e realmente é muito difícil fazer dieta. Bjos <3

    Click Literário

    Oi, Leisiane. Eu também sou dessas que é magra até demais e todo mundo me taxa de alguma coisa por isso, o que é triste, mas aprendi a lidar com os comentários maldosos.

    Oi, Camila. Que bom que gostou, eu estou amando ele! A história é leve mas não deixa de abordar um tema bem complicado principalmente hoje em dia já que tantas adolescentes e crianças acabam ficando acima do peso. E a ambientação do livro não poderia ser melhor.

    Oi, Mi. Comida é o ponto fraco das mulheres né? Eu também não resisti e ficava sempre procurando saber como eram feitos os pratos.

    Oi, Alana. Eu diria que não sou tão fraca pra comida mas sou bem fresca, então não é tudo o que eu saio comendo rsrs mesmo assim, espero que leia e goste! Eu estou super apaixonada por esse lay! A Karine é um amor de pessoa e acabou se tornando uma pessoa super especial para mim c3

    Oi. Eu confesso que não gostei, mas ela remente muito bem ao enredo. A personagem é um amorzinho, e eu entendo que seja difícil já que minhas tias morrem tentando fazer.

    Oi Miriã, eu nunca li nada da autora e esse é meu primeiro contato com essa obra. Achei a história bem light, perfeito para ler em uma tarde de domingo né. Só de ver você falando das comidas que são apresentadas no livro, já me deu fome (rsrsr).
    Beijokas
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    Oi, Pri. O livro é realmente gostosinho de ler, tanto que li em apenas algumas horas, então é ótimo para desanuviar alguma leitura mais densa.

    Tecnologia do Blogger.